Unidade Senai de Cacoal sedia 3º Encontro Pedagógico

 

Este ano com o tema “Reflexões e práticas sobre a Metodologia Senai de Educação Profissional”, o encontro teve o objetivo  de aperfeiçoar a prática dos instrutores em sala de aula, com o intuito de reafirmar o compromisso em manter um sistema educacional capaz de qualificar pessoas para o mercado de trabalho com as competências profissionais demandadas. O encontro aconteceu no período de 21 a 23 de julho e participaram docentes das unidades de Cacoal, Rolim de Moura e Pimenta Bueno.

 

A diretora regional Adir Oliveira, como não poderia deixar de ser, marcou presença no evento. Ela apresentou a situação do Senai/RO, parabenizou toda equipe de Cacoal, esclareceu dúvidas dos colaboradores. Parabenizou toda a equipe. “É fundamental nos mantermos unidos para continuarmos crescendo. Vivemos e trabalhamos em um estado jovem e o Senai tem muito para contribuir com o desenvolvimento de Rondônia”, disse.

 

Em concordância com a análise da equipe pedagógica, Adir lembrou que é comum observar nos estudos sobre a formação de professores que os saberes necessários ao ensinar não podem ser reduzidos somente aos conhecimentos dos conteúdos das disciplinas, por isso a necessidade desta abordagem acerca da prática pedagógica, a de ampliar o conhecimento especifico da área técnica em que atua e da metodologia adequada para a referida pratica pedagógica. “Sabemos que as competências em sua aplicabilidade promovem a mobilização de conhecimentos, habilidades e atitudes para o desempenho das atividades profissionais” destacou a diretora.

 

O gerente executivo em educação do Senai/DR, professor Suamy Lacerda iniciou os trabalhos abordando o tema Metodologia Senai de educação profissional com abrangência no campo teórico, legal e operacional. “É de suma importância esta organização da escola Senai Cacoal em ofertar ao corpo docente, técnico e gestores uma formação com essa abrangência”, afirmou Lacerda.

 

A técnica GEE do Senai/DR, Maria do Carmo Goes apresentou o Sistema de avaliação educação profissionalizante – SAEP – Teoria de resposta ao item, esclarecendo as duvidas. A palestrante desenvolveu uma atividade em grupos, em que cada um trabalhou uma área técnica elaborando um item.

 

O professor mestre doutorando Abraão Roberto Fonseca, docente das Faculdades Integradas de Cacoal, proferiu palestra sobre as dificuldades de aprendizagem e comportamento acadêmico. A palestra iniciou com a diferenciação entre Transtornos de Aprendizagem e dificuldades de aprendizagem.

 

Segundo Fonseca, o professor pode utilizar estratégias para modificar o comportamento do discente tornando-o parte do processo de aprendizagem com técnicas de envolvimento, aproximando-o paulatinamente de discentes de destaque - para que não haja choque entre culturas diversas, como a propalada cultura dos "bagunceiros" com os "nerds".

 

O docente ainda discutiu as patologias e comportamentos aberrantes que impedem o profissional de atuar de forma adequada. "Enquanto docente do ensino profissionalizante, o professor deve ser capaz de exemplificar a atuação profissional, as competências cotidianas do futuro profissional e verificar o desempenho acadêmico embasa na premissa básica de que os alunos aprendem primeiros os conteúdos mais simples e depois os mais complexos" argumentou Fonseca.

 

O diretor da unidade, Marcos Brauna finalizou apresentando os indicadores de desempenho, um quadro da real situação dos trabalhos desenvolvidos tanto Senai/RO, quanto Senai/Cacoal. Agradeceu a presença da diretora, dos palestrantes, parabenizou a equipe pedagógica pela organização e aos docentes pelo compromisso com a educação profissionalizante. “Este encontro nos preconiza o aprender a aprender. A educação profissional propõe-se a qualificar, uma vez que as necessidades do mercado de trabalho têm mudado o tempo todo, por isso os nossos docentes e corpo técnico têm que estar atualizados” comentou.

 

Para a professora Leny Ghigino Gadea, o encontro pedagógico oportuniza o crescimento profissional e pessoal por meio da troca de experiências, na aquisição de novos conhecimentos, na interação com profissionais de áreas diversas. Já o presidente do conselho dos professores, Claudinei Rosa falou em nome dos docentes. “O evento despertou nos participantes o interesse pela formação continuada e de promover melhorias nas ações educativas. A ação executada pela equipe pedagógica buscou orientar os planejamentos, tendo como ponto norteador à metodologia Senai de educação profissional, uma vez que é possível ressaltar que todo docente deve estar comprometido com sua prática para que os resultados sejam de excelência” finalizou.

   

Alunos PcDs do curso Assistente de Produção da unidade Senai Marechal Rondon apresentam trabalhos de Logística

 

No último dia 24 de julho, os alunos PcD’s do curso Assistente de Produção da unidade Senai Marechal Rondon, em parceria com a Indústria Metalúrgica e Mecânica da Amazônia (IMMA) expuseram seus trabalhos desenvolvidos durante o componente curricular Noções de Logística.

 

 

Os alunos confeccionaram maquetes referentes aos modais de transportes, objetivando melhor aprendizado e fixação do conteúdo ministrado em sala de aula.

 

De acordo com a aluna Marília  “a atividade proposta pela instrutora levou toda a turma ao conhecimento de uma forma bastante agradável”, afirmou.

 

Para a instrutora Nágma Dias, “o trabalho desenvolvido foi bastante satisfatório. Enquanto instrutora agradeço pelo carinho e envolvimento de todos os alunos, inclusive pelo cuidado com os detalhes dos modais confeccionados”, disse.

 

O diretor Helder Cavalcante destacou mais um trabalho bem feito realizados pelos alunos PcDs. “Eles se superam a cada atividade e parabenizo a todos pelo desenvolvimento, empenho e dedicação, inclusive dos instrutores, que não poupam esforços e incentivos aos futuros profissionais”, declarou.

 

PSAI

 

O Programa Senai de Ações Inclusivas (PSAI) desenvolvido com sucesso pelo o Departamento Nacional desde 1999, estabelece amplo atendimento a educação profissional nas unidades operacionais dos seus 27 Departamentos Regionais.

 

O PSAI objetiva incluir nos cursos do Senai, pessoas com deficiência, expandir o atendimento a negros e índios, oportunizar acesso das mulheres aos cursos estigmatizados para homens e vice-versa, bem como, requalificar na educação profissional pessoas acima de 45 anos e idosos. O Programa está subdividido em duas vertentes de atendimento: Vertente PcD (Pessoas com Deficiência); e a Vertente REGI – Raça; Etnia; Gênero e Idosos.

   
Unidades
Notícias
   

Alunos PCD’s da unidade Senai Marechal Rondon homenageiam o Dia do Escritor

No último sábado (25 de julho) foi comemorado o Dia do Escritor e na véspera, os alunos com deficiência do curso Assistente de Produção, parceria Senai e Odebrecht apresentaram trabalhos desenvolvidos durante a disciplina de Comunicação de Informação (60h).

 

A instrutora Vanessa Gomes explicou que o objetivo principal foi o de mostrar aos alunos a importância da leitura e da escrita. Eles pesquisaram os principais escritores brasileiros tais como, Machado de Assis, Jorge Amado, Mário Quintana; Mário Andrade, Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Monteiro Lobato, Cecília Meireles, Castro Alves, José de Alencar, Álvares de Azevedo, entre outros.

 

O resultado da pesquisa ficou exposto no mural da escola e todos da comunidade escolar da escola Marechal Rondon podem prestigiar o trabalho. “Foi prazeroso ver os alunos superando seus limites. Nos primeiros dias eles se achavam incapazes e agora perceberam que podem superar quaisquer obstáculos” afirmou Vanessa.

 

Além da instrutora Vanessa, a turma contou com o apoio da instrutora intérprete de Libras, Mesezabeel Rodrigues.

 

Segundo Mesezabeel, no decorrer da disciplina alguns talentos foram descobertos. Dentre eles, o aluno Calos Alberto, que costuma a escrever versos como este Sem você por perto me sinto como peixe fora d´água, sem ar, esperando você voltar”. “Nem palavras, nem poesias traduzem o amor que sinto por você”.

De acordo com a aluna Francisca “as aulas estão maravilhosas Porque podemos reproduzir tudo que vimos em sala de aula no decorrer da disciplina”, disse.

 

O diretor da unidade, Helder Cavalcante destacou o excelente trabalho apresentado pelos alunos e elogiou o empenho de todos e a dedicação das instrutoras. “A leitura é fundamental para se falar e escrever corretamente. O Senai não tem apenas a preocupação de formar profissionais bem qualificados, mas formar ainda cidadãos conscientes, críticos, cultos e capazes de expressar opiniões nos mais variados assuntos. A literatura faz parte da nossa vida desde os primeiros contatos com as letras, a formação das palavras, as descobertas e tudo mais que um bom livro pode proporcionar”, exultou.

 

Cavalcante finalizou dizendo que “a iniciativa da homenagem foi pertinente, pois o Brasil tem excelentes escritores e muitos não tiveram contato com esta literatura, digamos, clássica, com a poesia e tudo mais ligado as letras. Mais uma vez parabéns para todos”.

 

PSAI

 

O Programa Senai de Ações Inclusivas (PSAI) desenvolvido com sucesso pelo o Departamento Nacional desde 1999, que estabelece amplo atendimento a educação profissional nas unidades operacionais dos seus 27 Departamentos Regionais. O PSAI objetiva incluir nos cursos do Senai, pessoas com deficiência, expandir o atendimento a negros e índios, oportunizar acesso das mulheres aos cursos estigmatizados para homens e vice-versa, bem como, requalificar na educação profissional pessoas acima de 45 anos e idosos. O Programa está subdividido em duas vertentes de atendimento: Vertente PcD (Pessoas com Deficiência); e a Vertente REGI – Raça; Etnia; Gênero e Idosos.

   
vídeos, enquetes, informativos e parceiros
You must have the Adobe Flash Player installed to view this player.
mais vdeos

Em qual modalidade você tem interesse em cursar EAD no SENAI?



Resultados
Cadastre seu email e receba o informativo SENAI